DançaTemporada 2018

UM SOLO PARA A SOCIEDADE

direcção de António Cabrita e São Castro

23 e 24 FEVEREIRO, 2018 | SALA EXPERIMENTAL

Um solo para a sociedade é a primeira criação de António Cabrita e São Castro enquanto directores artísticos da Companhia Paulo Ribeiro. O monólogo O contrabaixo, de Patrick Süskind, foi o ponto de partida da dupla – sobretudo a analogia, contida na obra, entre a organização de uma orquestra e a hierarquia social que o indivíduo integra sem ser capaz de esconder o seu desejo de liberdade. É esta relação conflituosa que António Cabrita e São Castro pretendem explorar: “a necessidade intrínseca ao ser humano de se afirmar como elemento importante dentro de uma sociedade“, detentor de uma individualidade que, muitas vezes, colide com a uniformidade prevista pelo sistema. Esta reflexão sobre “o indivíduo, a identidade e a sua posição hierárquica no grupo ou num território, passando pelas problemáticas que norteiam a condição humana – o amor, a liberdade, a solidão“, é aqui ampliada pela expressividade do corpo e da música e por uma relação de grande proximidade com o público.

A Companhia Paulo Ribeiro é uma companhia de dança contemporânea, fundada em 1995 pelo coreógrafo Paulo Ribeiro.Apresenta-se regularmente nas principais salas de espectáculo nacionais, bem como por toda a Europa, Brasil e Estados Unidos da América. É, desde 1998, a companhia residente no Teatro Viriato, em Viseu. Na sequência da nomeação de Paulo Ribeiro para a direcção artística da Companhia Nacional de Bailado, em 2016, a Companhia Paulo Ribeiro passou a ter como directores artísticos os coreógrafos e bailarinos António Cabrita e São Castro.

Companhia Paulo Ribeiro e Teatro Viriato

Sexta e Sábado às 21h
SALA EXPERIMENTAL | M/6 | Duração: 62 min.

COMPRAR BILHETE

Conceito São Castro
Coreografia, desenho de luz e figurino António Cabrita e São Castro
Música original São Castro
Música adicional Daniel Bjarnason, Hildur Gudnadóttir, Jean Sibelius e Jean-Baptiste Lully
Interpretação Miguel Santos
Operação de luz Cristóvão Cunha


tags
mostrar mais
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker