Temporada 2018

UM MINI-MUSEU VIVO DE MEMÓRIAS DO PORTUGAL RECENTE

texto e direcção de Joana Craveiro

24 a 29 ABRIL, 2018 | SALA EXPERIMENTAL

Depois de Um museu vivo de memórias pequenas e esquecidas, apresentado no 32.º Festival de Almada e eleito pelo público Espectáculo de Honra 2016, Joana Craveiro regressa a Almada com um primeiro rebento desse espectáculo matricial, agora a pensar nos jovens e nas famílias. Em vez de sete palestras performativas, Um mini-museu vivo de memórias do Portugal recente consiste apenas numa, dividida em sete partes. O percurso trilhado é idêntico ao do espectáculo-mãe: privilegiando a memória dos anónimos sobre a dos protagonistas militares e políticos, escreve-se “uma outra história à margem da história mais dominante” – embora os seus principais capítulos continuem a ser a ditadura do Estado Novo, a Revolução de Abril de 1974, a Guerra Colonial e o Processo Revolucionário. No final, mantém-se a habitual conversa com o público, na qual todos são convidados a participar.

JOANA CRAVEIRO
JOANA CRAVEIRO

Joana Craveiro (n. 1974) tem o curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema, uma licenciatura em Antropologia pela Universidade Nova de Lisboa e um mestrado em Encenação pela Royal Scottish Academy of Music and Drama. É doutorada em Estudos Performativos pela Universidade de Roehampton, em Londres. Em 2001 fundou o colectivo Teatro do Vestido, distinguido em 2012 com uma menção honrosa atribuída pela Associação Portuguesa de Críticos de Teatro.

 

Teatro do Vestido e Centro Cultural de Belém / Fábrica das Artes

 

Todos os dias às 16h (excepto Quarta 25, às 11h)
SALA EXPERIMENTAL | M/12| Duração: 1h30

COMPRAR BILHETE

Interpretação Joana Craveiro
Colaboração criativa Rosinda Costa e Tânia Guerreiro
Desenho de luz João Cachulo
Produção Cláudia Teixeira


mostrar mais

veja também

Close
Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker