notícias

TMJB: lugar de encontro e de reflexão

O Professor José Bragança de Miranda e o encenador Carlos Pimenta são os convidados da próxima Conversa com o público, a terceira que a Companhia de Teatro de Almada dedica ao espectáculo Morte de um caixeiro-viajante. O encontro está marcado para o dia 28 de Abril, às 18h.

TMJB: lugar de encontro e de reflexãoNo próximo sábado, dia 28 de Abril, estamos à conversa com o Professor José Bragança de Miranda sobre a peça de Arthur Miller que está em cena na Sala Principal: Morte de um caixeiro-viajante. O texto centra-se no drama de Willy Loman, um pai inconformado com a inércia dos filhos e um vendedor para quem os negócios vão de mal a pior, num mundo voraz que não se compadece com a falta de sorte ou com as contas por pagar. A peça levanta questões relacionadas, por exemplo, com a responsabilidade individual e colectiva na imposição de uma certa visão do mundo e de um determinado modelo de organização social e económica, quantas vezes contraproducente e castrador. A reflexão do Professor José Bragança de Miranda fará do espectáculo o seu ponto de partida, abordando certamente as circunstâncias em que o texto foi escrito, a materialização cénica de que foi alvo e o contexto que hoje o recebe, quase 50 anos volvidos desde a sua estreia nos Estados Unidos da América. No entanto, o mais provável é espraiar-se em seguida pelos terrenos que têm marcado o seu trabalho como ensaísta e investigador. Falamos, claro, do lugar da arte e da ideologia, de conceitos como a modernidade e a contemporaneidade, do papel da comunicação, da política e da imagem. De que modo se aplica o seu pensamento à peça de Miller que foi distinguida com um Prémio Pulitzer em 1949? O encenador Carlos Pimenta também estará presente, num encontro com início marcado para as 18h, no foyer do TMJB.

In CTA 24 Abr 2018

mostrar mais
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker