O DOIDO E A MORTE

10.00

TÍTULO : O Doido e a Morte
AUTORES : Raul Brandão e Alexandre Delgado

EDIÇÃO DE TEXTOS : Miguel-Pedro Quadrio

Esta edição © 2009 Livros de Areia Editores, Lda

DESIGN : Pedro Marques / Livros de Areia
IMPRESSÃO : Publidisa

ISBN : 978-989-8118-08-0
edição CTA Mai 2009

9 em stock

As obras mais representativas de Raul Brandão apresentam-se-nos assim como diários em que o escritor anotou os seus pesadelos. Os mortos clamam dos túmulos o logroem que viveram: “ Estive anos a rezar a uma cómoda, a falar a uma cómoda, a sofrer diante de uma cómoda”… Os vivos, o seu ódio, o seu desespero, a sua angústia. Todos os personagens são visões. Uns, fúrias de uma cosmogonia social: Candidinha, o ódio; Felícia, o orgulho e a avareza; Leocácia, a pauta do dever; Gabiru, a litania da morte… Outros, abstracções da pureza: Joana, a ternura; Sofia, o sacrifício… O próprio estilo é visionário. A apisagem, “uma grande fantasmagoria.” Mário Sacramento

 

Estreia no Teatro Municipal de Almada a 15 de Maio de 2009

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O DOIDO E A MORTE”
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker