36º Festival AlmadaEspectáculos estrangeiros

MACBETTU

A partir de Macbeth de William Shakespeare
Encenação de Alessandro Serra

SARDEGNA TEATRO E COMPAGNIA TEATROPERSONA (Sardenha, Itália)
Apoio: Fondazione Pinuccio Sciola e Cedac Circuito Regionale Sardegna
Co-apresentação: T NDMII /Festival de Almada
Apoio: I nstituto I taliano de Cultura de L isboa

CENOGRAFIA, LUZ E FIGURINOS
Alessandro Serra
MÚSICA
Marcellino Garau
Pinuccio Sciola
APOIO MOVIMENTO
Chiara Michelini
INTERPRETAÇÃO
Andrea Bartolomeo
Andrea Carroni
Felice Montervino
Fulvio Accogli
Giovanni Carroni
Leonardo Capuano
Maurizio Giordo
Stefano Mereu
TRADUÇÃO PARA SARDO E CONSULTADORIA LINGUÍSTICA
Giovanni Carroni
DIRECÇÃO DE PRODUÇÃO EM DIGRESSÃO
Aldo Grompone

 

LÍNGUA
Sardo (legendado em Português)
DURAÇÃO
1h30
CLASSIFICAÇÃO
M/12

Macbeth foi transformado em Macbettu, uma maléfica personagem da Sardenha. Na Escócia ou na Barbagia, os arcaísmos, a maldade e a violência humanas, a sede de poder e a embriaguês da conquista são os mesmos. Falado na língua da Sardenha, inspira-se na força telúrica de uma ilha italiana que guarda segredos milenares: ali se construíram, há perto de 4000 anos, fortalezas de granito que não são assim tão diferentes dos antigos castelos da Escócia. Ritos violentos, máscaras carnavalescas terríveis, baptismos profanos – tradições que atravessam o tempo – fornecem algumas chaves de leitura para este teatro, no qual a coreografia tem um papel fundamental e cujas personagens, à imagem do teatro isabelino, são inteiramente interpretadas por homens. Distinguido em 2 017 com os Prémios Ubu para melhor espectáculo e melhor interpretação, é o primeiro espectáculo em língua sarda que se apresenta em Portugal.

Alessandro Serra (n. Roma, 1973), antigo aluno em estudos teatrais na Universidade La Sapienza, em Roma (onde defendeu uma tese sobre a dramaturgia da imagem), fundou em 1999 a Companhia Teatropersona, no âmbito da qual tem trabalhado as técnicas das artes marciais e as heranças do teatro do Oriente. Uma outra vertente central do seu trabalho é a pedagogia do teatro, designadamente através da criação de espectáculos para os mais novinhos.


Alessandro Serra’s play, in the pure Elizabethan tradition with an all-male cast, turns Macbeth into Macbettu, an  evil Sardinian figure. Scotland and Barbagia share much of the same archaisms, human evil and violence, thirst for power and intoxicating conquest. V iolent rituals, terrible carnival masks, profane baptisms provide the reading keys for this choreographydriven theatre.


LISBOA

Teatro Nacional D. Maria II . Sala Garrett

QUA 10

QUI 11

19h00

21h00


mostrar mais
Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker