35º Festival AlmadaCriaçõesEspectáculos portugueses

A ÚLTIMA ESTAÇÃO

De Elmano Sancho

INTERPRETAÇÃO:
Elmano Sancho
Filipa Correia
Helena Caldeira
Marta Correia
Teresa Vaz
CENOGRAFIA E FIGURINOS:
Renata Siqueira Bueno
com a colaboração
de Roberto Bueno
e Liana Axelrud
DESENHO DE LUZ:
Alexandre Coelho
PRODUÇÃO EXECUTIVA:
Nuno Pratas
/ Culturproject
PRODUÇÃO:
Lobo Solitário
APOIO:
Teatro da Garagem

 

DURAÇÃO:
1h30 (aprox.)
CLASSIFICAÇÃO:
M/16

Na origem de A última estação encontra-se o assassino em série norte-americano Ted Bundy (1946-1989) – ou, mais exactamente, as semelhanças físicas entre este homem e Elmano Sancho. Da mesma forma que Bernard-Marie Koltès ficou obcecado pelo rosto de Roberto Succo, quando viu uma foto sua no metro de Paris, também o actor e autor português se lançou a investigar a vida de Ted Bundy, que matou mais de 35 mulheres. A dada altura, Elmano Sancho guardou o retrato do assassino junto às suas próprias fotografias, até que um dia alguém confundiu o seu rosto com o do criminoso. Foi esse o ponto de partida para uma reflexão sobre a violência e o desejo de transgressão na vida e na arte. A última estação interpela o conceito de dibukk, que na mitologia judaica representa o espírito ou o demónio que habita o corpo de cada um de nós, e apresenta a estrutura da Via Crúcis, as estações da Paixão de Cristo: a condenação à morte anunciada abre caminho a uma via dolorosa que culmina na inumação, mas que aspira à ressurreição, a XV e última estação.

Elmano Sancho formou-se na Escola Superior de Teatro e Cinema, na Real Escuela Superior de Arte Dramático de Madrid e no Conservatoire National d´Art Dramatique de Paris. Em 2014 foi estudar para Nova Iorque como bolseiro da Fundação Gulbenkian. Nesse ano assinou a sua primeira encenação: Misterman, que lhe valeu o prémio de Melhor Actor pela Sociedade Portuguesa de Autores. No ano seguinte I can´t breathe valeu-lhe uma Menção Especial da Associação Portuguesa de Críticos de Teatro.


Elmano Sancho started investigating Ted Bundy’s life – the American serial killer who killed more than 35 women back in the 1970s – when he became aware of the physical similarities between them both. Being mistaken for a criminal was the starting point for The last station, a reflection about violence and transgression in life and art.


ALMADA

TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE
Sala Experimental

SEG 16

TER 17

QUA 18

19h00

19h00

19h00


ELMANO SANCHO (Lisboa, Portugal)

tags
mostrar mais
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker