A um coração solitário falta-lhe sempre alguma coisa para a alegria

“A um coração solitário falta-lhe sempre alguma coisa para a alegria.”

A convite da professora Júlia Freire, a equipa de Serviço ao Público do Teatro Municipal Joaquim Benite assistiu à encenação da peça “Bonecos de luz”, do grupo de teatro da Escola Secundária Manuel Cargaleiro, inserida nas comemorações anuais do patrono da escola (Cargaleiro Art Fest).

A encenação, que celebra a obra do escritor, dramaturgo e desportista almadense Romeu Correia, foi criada a partir da adaptação do texto que a Companhia de Teatro de Almada levou à cena em Março de 2017, com encenação do director da CTA, Rodrigo Francisco.

Congratulamos o profissionalismo e o entusiasmo dos alunos que participaram nesta actividade de enriquecimento curricular e humano, assim como as professoras, pela forma como acompanham, com muita dedicação, o grupo, e que não deixam de sublinhar o quanto estas actividades contribuem de forma positiva para a socialização, integração e bem-estar dos alunos na comunidade escolar.

Parabéns a todos e viva ao teatro!

Bonecos de Luz, Escola Secundaria Manuel Cargaleiro

Interpretes e Coro: Daniel Vieira, Paulo Garcia, Carlos Dibane, Frederico Brito, André França, Daniela Simões, Beatriz Caldinhas, Margarida Rocha, Guilherme Barreto, Gabrielly Alves, Darlene Rocha, Paulo Garcia, Ana Virgínia, Rafael Grazina, Raquel Pereira, Beatriz Robalo, Regina Lopes.

Adaptação: Júlia Freire e Frederico Brito
a partir da adaptação da Companhia de Teatro de Almada
Encenação: América Silva, Júlia Freire e Marina Nunes
Cenografia: Marina Nunes e André França
Figurinos: Marina Nunes
Luz e som: André França

veja também

MÁRTIR

“Mártir” estreia este mês

Mártir, de Marius von Mayenburg, é a comédia que a Companhia de Teatro de Almada leva à cena a partir do dia 23 de Novembro.