Espectáculos de Setembro a Dezembro

Espectáculos de Setembro a Dezembro

Após as férias a Companhia de Teatro de Almada retoma a sua actividade no TMJB, apresentando até Dezembro três criações: A boa alma de Sé-Chuão, Mártir e O romance da raposa.

Em Outubro a Companhia de Teatro de Almada estreia A boa alma de Sé-Chuão, um dos textos mais célebres de Bertolt Brecht. A encenação marca o regresso de Peter Kleinert a Almada depois de, em 1981, ter levado à cena um outro texto do autor alemão (A excepção e a regra) na Academia Almadense. O espectáculo dará a conhecer uma das mais recentes traduções portuguesas da peça, da autoria de António Sousa Ribeiro, e terá Rita Cabaço, recentemente distinguida pela Sociedade Portuguesa de Autores com o prémio de Melhor Actriz de Teatro, no papel de Shen Te: uma ex-prostituta que, ao abrir uma tabacaria, compreende que ser boa pessoa impede o sucesso dos negócios.

Levar a Bíblia à letra
Em Novembro, Rodrigo Francisco leva à cena Mártir, um texto de Marius von Mayenburg sobre um jovem permeável ao fundamentalismo religioso, com tendência para a interpretação literal dos textos sagrados. Depois de O feio (2016), um dos maiores êxitos de público da CTA nos últimos tempos, este é o segundo texto do dramaturgo alemão que a companhia divulga. Mártir decorre num colégio, adequando-se ao público em idade escolar.

Para a infância
Em Dezembro é a vez de Teresa Gafeira regressar à dramaturgia e à encenação com O romance da raposa, uma adaptação do texto de Aquilino Ribeiro que também esteve na origem dos célebres desenhos animados que passaram na RTP na década de 80. A música original de Alexandre Delgado e o cenário e os figurinos de António Lagarto completam esta proposta para a infância, assente no potencial lúdico e pedagógico das fábulas.

veja também

MÁRTIR

“Mártir” estreia este mês

Mártir, de Marius von Mayenburg, é a comédia que a Companhia de Teatro de Almada leva à cena a partir do dia 23 de Novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *