35º Festival AlmadaEspectáculos estrangeiros

FEDERICO GARCÍA

A partir da vida e da obra de Federico García Lorca | Dramaturgia de Evelyn Arévalo e Pep Tosar | Encenação de Pep Tosar

INTÉRPRETES:
Pep Tosar
MÚSICA:
Mariola Membrives
Marc López
David Domínguez
DANÇA:
José Maldonado
CENOGRAFIA E FIGURINOS:
Pep Tosar
Evelyn Arévalo
TÉCNICO DE LUZ E VÍDEO:
Sergio Roca Saíz
TÉCNICO DE SOM:
Jonbi Belategi
REALIZADOR:
Agustí Torres
ASSIST. DE CÂMARA:
Francesc Martorell
PRODUÇÃO EXECUTIVA E DISTRIBUIÇÃO:
Gabriela Marsal
Leila Barenboim
Mireia Gràcia
(Mika Project)

 

LÍGUA:
Castelhano
legendado em português
DURAÇÃO:
1h30 (aprox.)
CLASSIFICAÇÃO:
M/12

Federico García aborda a vida de Federico García Lorca (1898-1936), cruzando o flamenco e o vídeo numa simbólica viagem de comboio entre Madrid e Granada (a derradeira do escritor, antes de ser assassinado). Estreado no Festival Grec de Barcelona, este espectáculo/documentário utiliza as várias linguagens do universo do poeta granadino (destaque para o “bailaor” José Maldonado e a “cantaora” Mariola Membrives) para nos falar da sua obra, da sua vida – e da sua morte. “Uma morte que nunca acaba: que se prolonga infinitamente”, afirma Pep Tosar, que convoca para este recital figuras como Luis Buñuel, Manuel de Falla e Salvador Dalí. Federico García constitui ainda um confronto com as feridas não sanadas da Guerra Civil Espanhola, tendo os versos do poeta (inclusive em catalão) ao fundo. O jornal El Periódico considerou-o “uma magnífica biografia sonora e visual”, ao passo que o El País sublinhou “o novo olhar sobre Lorca”.

Pep Tosar (n. 1961) iniciou o seu percurso como actor no Teatro Lliure, em montagens de Pere Planella, Josep Muntanyès ou Fabià Puigserver. No Teatro María Guerrero, em Madrid, assistiu Lluís Pasqual na montagem de Comédia sem título, de Lorca. Fundou a sua própria companhia (A história do Senhor Sommer, de Süskind, esteve em Almada em 2008) e, posteriormente, a solo, tem encenado textos de Blai Bonet, Antonio Tabucchi, Thomas Bernhard, Tchecov, entre outros.


Federico García joins flamenco and video projections to remember Federico García Lorca’s life and work. Through a symbolic journey by train from Madrid to Granada (the last journey of the poet, soon before being executed by the Spanish Nationalist forces), Pep Tosar creates a performance/documentary that is also an opportunity to face the wounds opened by the Spanish Civil War.


ALMADA

ESCOLA D. ANTÓNIO DA COSTA
Palco Grande

QUA 18

22h00


COMPAGNIE LE FILS DU GRAND RÉSEAU | Brest (França)
PEP TOSAR (Barcelona / Espanha)
Co-produção: Oblideu-vos de nosaltres SLU e Festival Grec de Barcelona


tags
mostrar mais
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker