35º Festival AlmadaEspectáculos portugueses

A MEIO DA NOITE

Direcção de Olga Roriz

INTÉRPRETES:
André de Campos
Beatriz Dias
Bruno Alexandre
Bruno Alves
Catarina Câmara
Francisco Rolo
Rita Calçada Bastos
SELECÇÃO MUSICAL:
Olga Roriz
João Rapozo
e intérpretes
CENOGRAFIA E FIGURINOS:
Olga Roriz
Ana Vaz
assistidas por Rita Osório
DESENHO DE LUZ:
Cristina Piedade
VÍDEO:
Olga Roriz
João Rapozo
DESENHO DE SOM:
Sérgio Milhano
APOIO DRAMATÚRGICO:
Rita Calçada Bastos
APOIO VOCAL:
João Henriques
TRADUÇÃO E ELOCUÇÃO EM SUECO:
Birte Lundwall
ASSIST. DE ENSAIOS:
Ricardo Domingos
FOTOGRAFIA:
Alípio Padilha

 

DURAÇÃO:
1h20 (aprox.)
CLASSIFICAÇÃO:
M/12

No dia 14 de Julho passam cem anos sobre o nascimento de Ingmar Bergman (1918-2007) – e será justamente nessa noite que Olga Roriz apresentará no Palco Grande da Escola D. António da Costa o seu espectáculo de homenagem ao realizador sueco. A meio da noite aborda, nas suas palavras, “a temática existencialista de Bergman, sendo simultaneamente uma peça sobre o processo de criação, numa procura incessante de si próprio e dos outros”. A coreógrafa encontra um paralelismo entre o seu percurso e a obra do realizador: a abordagem da complexidade humana que Bergman levou a cabo nos seus filmes, Olga Roriz pratica-a através da dança. Na base desta criação encontra-se uma viagem à ilha de Fårö, onde o autor de A hora do lobo viveu nos últimos 20 anos da sua vida e onde foi sepultado. Nas palavras da coreógrafa, “filmado o céu, o mar, as pedras, era tempo de voltar, mas um último gesto faria toda a diferença: limpar as folhas secas que cobriam a campa do Mestre. O laço estava assim criado para sempre e com uma intensidade que sei não ser capaz de expressar em palco”.

Olga Roriz (n. 1955) estudou ballet clássico e dança moderna, ingressando na Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa. Tornou-se primeira bailarina do Ballet Gulbenkian, onde foi posteriormente convidada a coreografar. Com 40 anos de carreira e mais de 90 criações no seu percurso, foi distinguida, entre outros prémios e distinções, com a Ordem do Infante D. Henrique, o Grande Prémio da SPA e o Prémio da Latinidade. Em 2017 recebeu, pela Universidade de Aveiro, o Doutoramento Honoris Causa por distinção nas Artes.


Ingmar Bergman would be 100 years old on July 14. That’s why the Portuguese choreographer Olga Roriz had the idea to present, that same night, In the middle of the night, her tribute to the Swedish filmmaker. Olga Roriz describes her show as a performance around “the existentialist theme of Bergman’s work, but also about the creating process”.


ALMADA

ESCOLA D. ANTÓNIO DA COSTA
Palco Grande

SÁB 14

22h00


FASO DANSE THÉÂTRE (Bobo Dioulasso / Burquina Faso)
& HALLES DE SCHAERBEEK (Bruxelas / Bélgica)
Co-produção: Maison de la Danse (Lyon), Torinodanza (Turim), Le Manège – Scène nationale de Maubeuge, Le Tarmac – La scène internationale francophone (Paris), Les Théâtres de la ville de Luxembourg, Ankata (Bobo Dioulasso), Les Récréâtrales (Ouagadougou), Festival Africologne (Cologne) e De Grote Post (Ostend) | Apoio: Musée des Confluences (Lyon) e Fédération Wallonie-Bruxelles, Service de la Danse


tags
mostrar mais
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker