Actos ComplementaresExposição de artes plásticas

ZOO

EXPOSIÇÃO DE ARTES PLÁSTICAS
De Luís Lázaro Matos

Desde 1999 que a Casa da Cerca colabora com o Festival de Almada organizando uma exposição individual do autor do cartaz de cada edição do Festival. Um estimulante diálogo entre as artes visuais e o teatro que tem vindo a enriquecer ambas as instituições e a cidade de Almada. Luís Lazaro Matos foi o artista escolhido este ano para criar o cartaz e por consequência realizar uma exposição individual na Galeria do Pátio da Casa da Cerca.
As paredes da sala de exposição estão cobertas com um desenho de uma paisagem londrina do século XIX, industrial e poluída, sobre a qual as frases “I am the love that dare not speak its name” (frase de um poema de Lord  Alfred Douglas, amante de Oscar Wilde) e “Every man kills the thing he loves” (uma citação do próprio Wilde) constroem uma espécie de jaula. Esta imagem serve de cenário para a encenação que Luís Lázaro Matos constrói inspirada na peça de teatro Um Marido Ideal de Oscar Wilde e nos relatos dos julgamentos deste autor por “gross indecency”, um eufemismo para crimes de homossexualidade.
Na exposição, os homens são babuínos metamorfoseados em dandies ingleses, presos nas suas jaulas, a brincar nos seus pneus, à espera de serem julgados, ridicularizados e humilhados por uma sociedade (vitoriana) puritana, ávida de um bom escândalo, decadente.
A exposição fala da relação entre poder político e a sua interferência na vida pessoal (e moral) de cada individuo; confronta a necessidade de liberdade de expressão com a conformidade, mesquinhez e intolerância da sociedade da altura, e da actual.

Filipa Oliveira
Programadora para as Artes Plásticas da Câmara Municipal de Almada

Luís Lázaro Matos (Évora, Portugal, 1987) estudou Pintura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e no Goldsmiths College, University of London. Entre as suas exposições individuais incluem-se One, Two, Three! Position! (Hamburgo, Alemanha, 2013), Houses On Punta Massulo (Nicosia, Chipre, 2013), Models for Solitude (Lisboa, 2014), Super Gibraltar (Lisboa, 2 015), SMILE YOU ARE IN SPAIN STUDIO PART I (Lisboa, 2 017), Tomber Dans Le Lac (Lisboa, 2018) ou

ainda White Shark Cafe (Marselha, 2018). Participou nas exposições colectivas Villa I, This House is Triadic Fascist and Made of Industry Glass (Londres, 2012), When We Build Again (Londres, 2013), Via Paraguay Ballet (Bona, Alemanha, 2013), EDP Novos Artistas (Porto, 2013), Haus Wittgenstein: Art Architecture & Philosophy (MAAT, Lisboa, 2018) ou Sala de Arte Santander (Fundación Santander, Madrid 2019).

 

ALMADA

CASA DA CERCA . CENTRO DE ARTE CONTEMPORÂNEA

De 14 JUN a 20 OUT

TER a DOM das 10:00 às 18:00

Encerra às Segundas e feriados



mostrar mais
Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker